Skip to content

Nubank é Seguro para Guardar Dinheiro? (2021)

Nubank app

Precisa de uma conta bancária para guardar o seu dinheiro, mas não sabe em qual opção confiar? O Nubank tem sido um excelente candidato, escolhido por boa parte das pessoas que têm algumas economias e deseja rendimentos.

Afinal de contas, o Nubank é seguro para guardar dinheiro? Vale a pena apostar e confiar nessa opção? Confira estas e outras respostas no artigo que elaboramos para você!

Nubank é seguro? É furada?

Se você tem algum dinheiro guardado na conta do Nubank ou está desejando guardar, saiba que se trata de uma excelente opção – segura e confiável.

O banco surgiu no ano de 2013, e com menos de 10 anos de história já atraiu milhões de clientes – que assim como você, estavam em busca de uma conta segura e barata para guardar reservas financeiras.

Posso perder dinheiro na Nubank?

A chance de você perder dinheiro da sua conta Nubank é infinitamente pequena! Sabe por quê?

Atualmente, o Nubank não atua como “conta-corrente”, e sim como conta de pagamentos. Consequentemente, não está autorizado pelo Banco Central para utilizar o dinheiro que você aplicou para comprar Títulos Públicos Federais.

Isso significa que o seu dinheiro se encontra exatamente onde está, e não está sendo emprestado para outras pessoas, o que diminui drasticamente os riscos envolvidos.

Obviamente, não se pode garantir que o seu dinheiro está 100% seguro. Mas se comparado a outros bancos digitais, pode-se dizer que o Nubank sai em grande vantagem!

Veja também:  Como Transferir Dinheiro do Paypal para o Picpay? (2021)

Nubank app

Bug: Dinheiro sumiu na NuConta

Pode ser que você tenha se deparado com uma notícia recentemente de que o dinheiro da NuConta de muitos clientes havia sumido!

Embora o fato possa assustar quem está querendo migrar para a instituição, fique tranquilo pois o próprio Nubank se justificou!

O “bug” aconteceu por uma falha da Caixa Econômica Federal, que acabou compensando boletos em excesso.

Por exemplo: se você havia pago um boleto de R$ 1.000,00, a Caixa compensou duas vezes, e “sumiram” (temporariamente) R$ 2.000,00 da conta. 

Mas em algumas poucas horas tudo foi solucionado e os clientes tiveram seu saldo original de volta! Portanto, fuja de qualquer fake News que diga que o Nubank “rouba” dinheiro de seus clientes, pois se tratou apenas de uma falha técnica.

O que acontece se o Nubank quebrar?

Se eventualmente o Nubank venha a quebrar, milhões de investidores sairão perdendo, visto que há bilhões de reais investidos no banco em questão.

Então, você deve estar se perguntando: Qual a chance do Nubank quebrar?

Existe um score utilizado para se medir o risco de uma determinada instituição, chamado índice de Basiléia. Ao avaliar o Nubank, ele está longe desta chance!

Cada vez mais investimentos são feitos na instituição, além do fato de o banco isentar o cliente de muitas taxas. Embora esta seja uma jogada “ousada”, tem atraído ainda mais investidores, que tornam a opção segura.

Nubank no Reclame Aqui

Uma das maneiras utilizadas pelo consumidor para conhecer a opinião da população acerca de um serviço prestado ou produto vendido é através do Reclame Aqui.

Atualmente, ele é elencado como o maior site de reclamações do Brasil, e busca a conciliação de consumidores com inúmeras empresas.

Veja também:  Madeira Madeira é Confiável? Leia Antes de usar

Mas, como será que o Nubank tem se “comportado” por lá? Confira!

  • 99,9% das reclamações foram respondidas;
  • 69% dos clientes voltariam a fazer negócio com o banco digital;
  • 78% dos problemas foram solucionados;
  • A nota média dada pelo consumidor foi de 6,6 (do total de 10 pontos).

O próprio Reclame Aqui também avalia as empresas, e o Nubank recebeu 7,7 de um total de 10 pontos – índice considerado “bom” pelo site.

Com isso percebe-se que, conforme a opinião dos clientes e o índice de resolubilidade, trata-se de um banco em quem você pode confiar!

Sobre o Nubank

Como lhe dissemos no início do artigo, o Nubank foi fundado no ano de 2013, e desde então faz o maior sucesso!

E quer saber os motivos para a criação do banco?

Em uma ocasião, o fundador da instituição David Vélaz, colombiano, foi até a um banco no estado de São Paulo para abrir uma conta e se deparou com um sistema de segurança semelhante ao de um presídio!

Para ele, não fazia sentido o cliente precisar passar por portas giratórias e tirar objetos metálicos simplesmente para ter atendimento.

Com isso, surge a ideia de criar um banco digital que colocasse o cliente como foco, e ainda, trazendo isenções de várias taxas e tarifas – muito diferente do que se vê em bancos “tradicionais”.

Você já conhecia esta história?